SLOW FIT – O PRAZER DE SE EXERCITAR

É largamente difundido tanto em revista científicas como na imprensa leiga e nas mídias sociais os benefícios que as pessoas podem obter com a prática regular de exercícios físicos. 

Entretanto apesar dos ganhos pessoais,  grande parte da população não pratica uma atividade física regular. 

Então vem a pergunta, por quê apesar de saber dos ganhos que o exercício pode lhes proporcionar as pessoas não aproveitam esse benefício? Todos gostam de ganhar bens materiais e imateriais e, qual o bem maior que a saúde física e mental?

O que sabemos é que entre as pessoas que iniciam uma atividade em academia, menos de 5% perseveram por um ano, por motivos os mais variados.

Um deles é que ir à academia e se exercitar é difícil, desagradável, chato….

E por quê julgamento tão ruim de algo que pode ser tão bom como o exercício?

Uma explicação que encontramos, e que nos deu a possibilidade de fazer um exercício com grande adesão foi a abordagem “Slow Fit”.

E o que tem de tão diferente o Slow Fit? 

Simples, esta abordagem, qualquer que seja a intensidade do exercício, ela respeita os limites do indivíduo.

Voltaremos a conversar sobre essa ideia.

Boa semana