Moda ou Modalidade ?

Praticante de corrida há 49 anos e estudioso do assunto há 20 anos, curioso pela meditação há 30 anos  e estudioso e praticante há 5 anos, vejo que apesar da tristeza que tem sido essa pandemia que ceifou tantas vidas, deixando profundas sequelas orgânicas e emocionais, algumas sementes boas foram lançadas.

Nas mídias sociais houve um aumento exponencial de sites orientando práticas meditativas, além do muito que se falou da melhora da imunidade alcançada pela prática regular do exercício.

A relação entre o sistema imune e o exercício é o meu campo de pesquisa na Universidade há cerca de 20 anos, de maneira que me alegra que o público leigo esteja sendo informado pela mídia impressa e mídias sociais, sobre o assunto, sobre os benefícios que o exercício, regular e moderado, pode proporcionar na resposta imunológica.

Da mesma maneira, as práticas meditativas nos proporcionam um equilíbrio orgânico e emocional que ajudam a manter uma boa saúde ou recuperá-la.

Se temos duas práticas que nos proporcionam uma grande melhora da qualidade de vida e sua junção potencializa os efeitos de uma e de outra, podemos afirmar que Slow Fit não é uma nova moda, mas uma prática que se estabelece como um pilar sobre o qual edificamos um organismo saudável.